06/08/2015
Ela é o tipo de garota que você não encontra por ai, em uma baladinha sertaneja ou eletrônica. Ela passa o sábado a noite lendo um livro ou escrevendo algo, talvez mais uma lista, sabe se lá de quê, ela ama listas, pode ser uma lista de coisas para fazer amanhã, uma lista de coisas para fazer no resto do fim de semana ou na próxima semana, uma lista do supermercado talvez, uma lista de países que um dia vai visitar, uma lista de motivos para amar alguém, a atualização da lista de amigos - alguns nomes foram riscados -, uma lista de desejos, a lista dos prováveis nomes que vai dar para os filhos que ela nem pretende ter, ou ela não esta fazendo nenhuma lista, só esta escrevendo.

Ela é o tipo de garota que tem manias estranhas - como as listas por exemplo -, mas depois que conhece bem, se torna normal e você até adquire algumas dessas manias.
É difícil se aproximar, ela está sempre na defensiva, tenta mudar, mas é automático, não porque já sofreu demais ou sei lá o quê, ela só segue o conselho da mãe: "não fale com estranhos", primeiro você precisa mostra-la que você não será um estranho e tem que fazer isso em um tempo record, ela gosta de pessoas que já criam intimidade rápido, fica mais segura achando que conhece a pessoa.


Ela é o tipo que anda com um lápis na mão e um livro na outra, seus livros são todos rabiscados e seu corpo também, tatuagens de canetas feitas diariamente e retiradas no próximo banho. Ela faz faculdade, tem um grupo que sempre faz trabalho com ela, mas tirando os assuntos do trabalho ela não fala com eles. Na apresentação de trabalho ela fica nervosa, já tem tudo na cabeça, basta uma lida - ela tem memória fotográfica -, mas o papel com a cola do assunto treme junto com a mão, sobe ao palco e fala em voz alta sem gaguejar, como se estivesse acostumada com aquilo - não a apresentar, a falar.

Ela é o tipo que passa mais tempo acariciando o sua gata - Chica IV - do que pensando em seu guarda-roupa e em seus sapatos, as vezes pensa nos sapatos quando está causando o All-Star Chuck Taylor todo rasgado, pensa que tem que comprar um novo, "quanto tiver tempo e dinheiro".

Ela é o tipo de garota que merece um texto, por que ela é real e não apenas mais uma pose para a foto.

.

Sobre mim

Sobre mim
Uma comédia romântica com trilha sonora na voz de Renato Russo e Tiago Iorc, com créditos para Cícero, Phill Veras e Soulstripper. Tenho 20 anos, sou sagitariana, mas controlada. Moro na cidade luz, a da chuva da tarde, mangueiras, do açai e tacaca e só saio daqui para uma breve viagem ao redor do mundo. Fã de carteirinha de bandas que não existem mais e cantores desconhecidos. Em busca do grande sonho que é a independência e felicidade no mesmo pacote.

Marcadores

Tecnologia do Blogger.

Twitter